Blog posts

Conheça dois bairros de entretenimento em Seul

Conheça dois bairros de entretenimento em Seul

Coréia do Sul

Que tal conhecer duas regiões em Seul para se divertir? Gosta de shows, casas noturnas, feira ao ar livre, compras e arte? Visite Hongdae e Myeongdong; dois lugares super interessantes.

Hongdae

Seu nome Hongdae (홍대) é uma abreviação para Hongik Daehakkyo (홍익대학교), ou Universidade Hongik, uma das mais conceituadas e prestigiadas universidades de arte da Coréia do Sul. A região é conhecida pelo seu espírito jovem, arte urbana e bandas indies que tocam pelas ruas e bares. No início dos anos 90, graças ao baixo custo de aluguel, músicos e artistas se mudaram para lá e estabeleceram seus ateliês. Hoje, muitos destes foram transformados em cafés ou espaços para música ao vivo. A área tornou-se referência de cultura alternativa e berço de outras subculturas. Galerias de arte, estúdios, teatros, lojas de design, arte de rua, lojas de HQ, cafés, bares, restaurantes, casas noturnas, noraebang (karaoke) e seus coloridos neons atraem locais e turistas. Hongdae é uma região consideravelmente vasta. Seja dia, seja noite explore-a com tempo.

Foto: Alexandre Disaro
Noite em Hongdae[1]
Foto: Alexandre Disaro
Rua em Hongdae[2]
Ruela em Myeongdong[3]
Concerto em Hongdae[4]

Gosta de show ao vivo? Conheça o Live Club Day. Toda última sexta-feira do mês, a compra de um ingresso no valor de KRW 20,000 (USD 18,00) dá acesso a uma dezena de casas noturnas de jazz, rock, hip hop e EDM em Hongdae pelo preço de uma entrada. Faça uma viagem musical!

Gosta de feira ao ar livre? Durante os sábados, entre às 13h e 18h artistas se reunem no Hongdae Park, montam suas tendas e vendem seus produtos. Durante este período há música ao vivo e eventos nas ruas.

Free Market em Hongdae[5]
Hongdae é muito conhecido por também ser um bairro para a moda alternativa[6]
Free Market em Hongdae[7]

Quando estive lá me aventurei num noraebang (karaoke). Pode ser um pouco desafiador para quem não conseguir ler coreano (aprenda a ler coreano neste post). Não se preocupe, se a dificuldade bater  peça ajuda para o pessoal que trabalha lá.

Foto: Alexandre Disaro
Noraebang em Hongdae[8]
Foto: Lufe Gomes
Eu num noraebang em Hongdae[9]
Foto: Alexandre Disaro
Escolhendo a música ara cantar[10]

Esta atmosfera única faz de Hongdae uma região sempre cheia de gente e entretenimento. É um destino certo para a diversão.

Myeongdong

Após a Guerra da Coréia e o crescimento econômico dos anos 60, a área floresceu junto com a renovação da cidade. Muitas lojas de departamento, shopping centers, restaurantes e lojas de grife se instalaram por lá. Nos anos 70, tornou-se um lugar popular entre os jovens da capital. Além de ser um dos principais eixos comerciais e financeiros, foi também durante os anos 80 e 90 um importante palco para protestos e manifestações. O centro financeiro é dividido entre Myeongdong e Yeouido, onde a Bolsa de Valores Coreana está localizada. Grandes companhias de seguro, serviços financeiros e investimentos têm suas sedes na região. Há muitas lojas, restaurantes, comida de rua noraebang (karaoke). A noite na região é igualmente agradável, contudo, mais voltada ao comércio se comparada a Hongdae.

 

IMG_8050
Myeongdong à noite[11]
IMG_8040
Beco em Myeongdong à noite[12]
IMG_8051
Neons de Myeongdong[13]
Myeongdong[14]

 

Ambas as regiões são ótimas. Tenho boas memórias de caminhar pelas ruas cercadas por neons, comer em pojangmacha (barraquinhas de rua que servem comida – confira o post das comidinhas de rua) e bebericar soju, cantar no noraebang (karaoke), ver performances de k-pop nas ruas e fazer compras a bons preços. Não cheguei a ir a uma casa noturna; contudo, li que a noite coreana pode ser bem animada para os baladeiros. Há muitas casas noturnas em Gangnam, Apgujeong-dong e até mesmo em Hongdae.

Como chegar?

Para chegar em Hongdae pegue a linha de metrô verde (2) e desça na estação Hongik University. Saia pela saida 8 ou 9. Ao sair pela saída 8 ou 9 do metrô Hongik University há duas opções: 1) vire à esquerda e você adentra uma área com vários restaurantes, bares e pojangmacha (barraquinhas de rua que servem comida – confira o post das comidinhas de rua); 2) vire a direita e você entra na área cheia de lojas. É possível também pegar a linha azul e descer na estação com o mesmo nome.

Para chegar a Myeongdong pegue a linha de metrô azul claro (4) e desça na estação Myeongdong. Saia pelas saídas 5, 6, 7, 8, 9 ou 10.

 

Faça sua reserva para Seul pelo Viver a Viagem e ajude a manter o site. Não vai custar nenhum centavo a mais para você.

CC-BY-NC

Referências e Notas Explicativas   [ + ]

About the author

Sou fotógrafo, moro em São Paulo e já estive em 16 países. O Viver a Viagem é meu projeto pessoal e vai além de dicas triviais; quero proporcionar uma imersão cultural e ajudar você a viajar com um olhar diferente.